Freitag, 26. März 2010

Marjaani - Billu Barber - Full Video - High Quality

Aaja Nachle - Title Song - High Quality

Bol Na Halke (Original DVD Full Song) http://rapidshare.com/files/185255723/bol_na_halke.avi

Sung by Rahat Fateh Ali Khan and Mahalaxmi Iyer,this song was Picturised on Abhishek Bachan and Preity Zinta from the movie "JHOOM BARABAR JHOOM". You can download this video in high quality song ...

Deewanay hoke hum

O que é a Fitoterapia?


A fitoterapia é a forma mais bela, saudável e natural de adquirir a beleza, saúde, bem estar e jovialidade.

Por que a forma mais bela?

Simplesmente porque a Natureza está nos doando e beneficiando com seus mais variados benefícios que através das plantas podem nos ajudar em vários sentidos.

Podemos usufruir de cada beneficio que cada planta possui através da maceração de suas folhas e em alguns casos de flores.

Através desta maceração (que é feita através de toneladas das ervas) conseguimos os Extratos Glicólicos que são potentes em suas qualidades, pois carregam todos os benefícios de cada planta ou erva.

A fitoterapia pode nos trazer saúde, beleza, bem estar, harmonia e equilíbrio.

Essa forma de se beneficiar com a fitoterapia é maravilhosa, pois é a doação da natureza para nos ajudar e auxiliar com alguns problemas que podemos ter em nossa pele, corpo e alma !

Por se tratar de produtos naturais, podemos e devemos usar todos os dias, sem correr o risco de sentir algum efeito colateral.

Usamos a fitoterapia também no artesanato, em confecção de Sabonetes, Cremes, Xampus, Condicionadores, Géis, etc…

Alguns exemplos são os tratamentos de prevenção e auxílio no combate a : Acne, celulite, manchas na pele, rugas, pele seca ou oleosa, pele delicada, acalmar a pele, queda de cabelo, etc…

Os benefícios são enormes e alcançam não só o corpo, mas também a alma, pois a satisfação é muito grande !

A natureza é sábia e nós devemos usar esse exemplo para nos beneficiar, assim como os animais que conhecem as plantas e sabem quando devem comer, mascar, não comer, usar como remédio e todas suas qualidades e benefícios que são totalmente exploradas por eles.

Se para eles a Natureza é tão maravilhosa, imagine o que ela pode fazer por nós, que podemos além de usar in natura, aprimorar e melhorar a sua qualidade e benefícios?

Então aproveite, use e abuse de todos os presentes e segredos que a fitoterapia nos traz e sinta no corpo e alma toda a diferença !

http://mdemulher.abril.com.br/

Iluminação infantil para o quarto das princesas."Luminárias"


Enfeites e lembrancinhas de meninas


Painel confeccionado em papel maquete e pintado com tinta acrílica.
Pode ser feito com qualquer tema deacordo com o gosto do cliente.
Este pessoalmente amoooooooo,porque fiz para o quarto das minhas filhas Ana Maria e Mariana Roberta, ficou tão lindo que depois de 2 anos ainda está impecável e eu já fiz mais 10 iguais.
A chegada de um bebé é sempre acompanhada com felicidade e alegria por toda a familia. Com um novo membro na familia é necessário arranjar espaço para ele ficar. Depois do espaço encontrado, como é que vai ser decorado? Aqui seguem alguns passos importantes a considerar na decoração do quarto do seu bebé.

É claro que o sexo do bebé vai ser provavelmente a maior influência nas cores utilizadas utilizadas. Se não souber o sexo do bebé é melhor apostar nas cores neutras e adicionar acessórios coloridos mais tarde. Não pinte o quarto muito perto do nascimento, para que os vapores tóxicos das tintas já tenham desaparecido quando o bebé vier para casa. Aliás, a segurança do bebé deve ser sempre o primeiro factor a levar em consideração, tenha-a sempre em conta ao decorar o quarto.

Tradicionalmente utiliza-se o azul como côr predominante para os meninos e o rosa para as meninas. Mas actualmente já não há uma tão grande aderência apenas a estas cores para o quarto de bebé. Em vez disso, pode misturar outras cores e não estará a quebrar nenhuma regra de decoração de interiores. Não existe razão nenhuma para limitar as cores utilizadas no quarto do seu bebé apenas por causa de tradições antigas. Tente conseguir uma combinação de cores alegre e calma, é tudo o que o seu bebé precisa.

Uma técnica muito utilizada actualmente é o stencil. Pode encontrar desenhos para stencil em qualquer loja especializada. O stencil pode ser utilizado para criar barras que podem dar a volta à parede ou junto ao tecto. Alguns desenhos são bastante intricados por isso é bom prever o tempo e esforço que vai ter de dispender para ter o trabalho pronto a tempo. Lembre-se que por vezes quanto mais simples melhor, especialmente se isso diminuir o seu nivel de stress antes do bebé nascer.

Depois das paredes estarem prontas, é altura de decidir que mobiliário colocar no quarto. Muitas familias têm mobiliário de bebé que vem sendo passado de geração em geração. É claro que existe uma grande pressão familiar para utilizar este mobiliário, mas antes de o fazer verifique se todas as peças estão acordo com as regras de segurança. Anos atrás, não era dada a prioridade à segurança na criação do mobiliário para criança, que é dada hoje. Por isso, é uma boa ideia comparar a mobilia antiga com a moderna de forma a ver se cumprem as mesmas normas de segurança. Se isso não acontecer, opte por utilizar a mobilia moderna.

Os acessórios dão o toque final no quarto do bebé. Mas nunca deixe que a aparência se sobreponha à funcionalidade. Os pais descobrem rapidamente que itens mais práticos, como caixas para fraldas, mudadores e etc, são bem mais necessários do que um monte de peluches que não têm nenhuma utilidade para além de que ficam bem no quarto. Só depois de ter todos os acessórios necessários no quarto, é que deve pensar nos acessórios meramente decorativos.

Decorar o quarto do seu bebé por ser uma experiência divertida e excitante para todos na familia. Esperamos que as sugestões neste artigo a tenham ajudado na sua decoração.
Fonte
bebes.com.pt/decoracao_quarto_bebe

Flan de Iogurte

 
 
INGREDIENTES

1 lata de leite condensado
A mesma medida da lata de leite
2 potes de iogurte natural
1 envelope de gelatina sem sabor
Água para hidratar a gelatina

Calda
2 xícaras (chá) de açúcar
1/2 xícara (chá) de groselha
1/2 xícara (chá) de água


MODO DE FAZER

Calda
Em uma panela coloque o açúcar, a água e a groselha. Mexa. Leve ao fogo e cozinhe por cerca de 15 minutos (não mexa mais com a colher).

Flan
No copo do liquidificador coloque o leite, o iogurte e o leite condensado. Bata.
Adicione a gelatina hidratada com 5 colheres de sopa de água dissolvida em banho maria.
Continue batendo.
A seguir, coloque em forma redonda pincelada com óleo e passada rapidamente pela água.
Leve para geladeira por 4 horas.
Desenforme.

Regue com a calda.

tv culinária

Repórter visita cratera de vulcão em atividade



Nós também mergulhamos nas águas transparentes do país, atravessamos uma floresta submarina e encontramos com os menores golfinhos do mundo.


Terra de natureza impressionante, no meio do Oceano Pacífico, a Nova Zelândia tem vulcões, montanhas nevadas, fiordes de eras glaciais, pássaros, criaturas raríssimas, baleias e uma paisagem inesquecível. O Globo Repórter desta sexta-feira (5) faz uma viagem ao outro lado da Terra, a um país de extremos.

Os primeiros raios de sol iluminam a Nova Zelândia. Quando é noite no Brasil, lá já é o dia seguinte. A Nova Zelândia está na nossa frente no relógio e no mapa. E o Globo Repórter foi até a ilha norte deste pequeno e belo país.

Embarcamos rumo ao vulcão mais ativo da Nova Zelândia, em pleno Oceano Pacífico. É a White Island. O nome vem da fumaça que está sempre no ar.

Estamos nos aproximando da White Island, que fica a 48 quilômetros de distância da terra. Do alto, já é possível ver que uma parte da cratera principal desmoronou, e as ondas ficam invadindo o vulcão, que tem apenas 30% da sua parte toda fora d’água. Os 70% restantes ficam submersos.

Nosso objetivo é chegar cada vez mais perto da imensa cratera. A sensação é de entrar voando em um vulcão. Estamos chegando ao ponto de aterrissagem, e acabamos pousando na cratera do vulcão. No local, é preciso usar equipamento de segurança.

Não há perigo de entrar em erupção enquanto estamos na cratera, porque o vulcão é acompanhado por sismógrafos. Se houvesse um risco, eles avisariam com antecedência. Os gases que saem do buraco e entram na boca dificultam a fala. Por isso, existe a necessidade de se usar uma máscara. O cheiro é muito forte, e o risco vem dos desmoronamentos das paredes do vulcão.

Em 1914, caiu uma parte da montanha e matou 12 pessoas. Uma grande explosão destruiu a mina de enxofre que funcionava no local.

É preciso todo cuidado para andar no vulcão. É como se estivéssemos sobre uma imensa panela de pressão.

O piloto Marcus Dye explica que a temperatura de onde saem os gases está em torno de 800ºC. É até possível ouvir o barulho que faz a força com que esses gases são expelidos lá do fundo da terra. A cor amarelada das pedras é o rastro que o enxofre vai deixando no vulcão. Na cratera principal, dá para sentir que o vulcão está vivo e pulsante, expelindo gases por toda parte.

Um lago se formou na cratera é extremamente ácido. Nada sobreviveria nele, mas, ao redor do vulcão, o oceano está cheio de vida. É o que vamos tentar ver.

Nosso helicóptero decola de volta à base. Vamos passar para um barco. Saímos da cratera do vulcão em pequenos botes. O barco se afasta para contornar a grande montanha. O repórter Francisco José se prepara para mergulhar junto à parede do vulcão.

Apesar dos gases e lamas borbulhantes que estão a centenas de graus Celsius, a água é geladíssima. O cinegrafista Dave Abbot acompanha a equipe com uma câmera especial.

A temperatura da água está em torno de 15ºC. Como está muito frio, o repórter vai ter que usar também uma touca, para se proteger ao máximo da água gelada.

A floresta de algas é típica das águas frias do Oceano Pacífico. São os kelps, onde as algas podem medir 30 metros de comprimento. Algumas chegam até a superfície, dependendo da profundidade.

É um esconderijo natural para centenas de espécies que se reproduzem na região. Mas as bolhas que estão por toda parte são um lembrete de que estamos na encosta do maior vulcão em atividade da Nova Zelândia.

Em uma pequena caverna, a água chega a ficar aquecida. Descemos 27 metros e vimos criaturas impressionantes, como um peixe pedra que muda de cor para se proteger dos predadores e atacar suas presas. Ele se camufla de acordo com o ambiente em que está.

Avançamos um pouco mais, e os peixes vão comer o ouriço na mão do repórter Francisco José. Nessa floresta marinha, a fartura é garantida. Cardumes no mar, pássaros no céu: um equilíbrio perfeito, de norte a sul. Os ecologistas Derek Cox e Laura Allum são responsáveis por essa reserva marinha, na ilha sul do país. Fomos com eles a uma colônia de focas, onde elas estão protegidas.

Como o vento está muito forte, Derek nos leva para uma pequena enseada até podermos voltar para o mar aberto. O paredão é impressionante.

Há mais de sete milhões de anos essa baía era a cratera de um vulcão ativo. Hoje, com a água em uma temperatura de 12ºC, vivem no local os golfinhos mais raros do mundo, os hectors. Eles só são vistos nessa parte do planeta e são também os menores do mundo, com aproximadamente 1,4 metros de comprimento. Eles acompanham nosso barco a toda velocidade e dão um show.

A ecologista Laura Allum explica que no verão eles chegam bem perto da costa. E é até possível nadar entre os golfinhos. Os turistas mergulham, e eles logo se aproximam.

Derek Cox diz que as pessoas experimentam a sensação de nadar com os golfinhos em seu habitat natural, mas, ao mesmo tempo, os animais estão protegidos. O controle dos barcos que trazem os turistas é rigoroso. É assim também com as baleias cachalotes - aquelas que inspiraram a história de Moby Dick.

O paraíso das baleias da Nova Zelândia fica em Kaiokoura. No início da praia, o nível da água é bem raso. Mais à frente, tem um abismo submarino com mais de 1,5 mil metros de profundidade.

Não é preciso se afastar muito da costa para avistar a primeira baleia. Helicópteros ajudam na localização desses mamíferos que podem ficar debaixo d’água até 90 minutos antes voltarem à tona. Elas chegam a medir 18 metros e pesam até 52 toneladas.

Os barcos só podem se aproximar a 50 metros de distância da baleia, mas elas ficam muito tempo paradas e respiram durante alguns minutos, rentes à superfície. E no momento exato em que vão mergulhar fazem um movimento com a cauda e voltam para as profundezas do mar. Neste dia, vimos três cachalotes.

Para os nativos da Nova Zelândia, o povo maori, as baleias são sagradas.

Globo Reporter

Primeira regra é fazer de cinco a seis refeições por dia Segundo a psicóloga Adriana Cezaretto, da USP, devemos evitar armadilhas, como estabelecer

Mudar hábitos que trazemos da infância é realmente muito complicado. O conselho da psicóloga Adriana Cezaretto, da USP, é para evitar criar armadilhas, como estabelecer metas grandiosas para se perder peso.

“O que a gente adquire em 40 anos a gente não perde em três semanas. É um sacrifício imenso para o corpo e, muitas vezes, não tem como. E aí a pessoa não conseguiu aquela meta maior. A gente costuma falar de metas curtas: faça o que é possível”, declara a psicóloga.
 


E o que é possível para cada um de nós? Nosso grupo participa de uma aula sobre o assunto. As nutricionistas têm uma lista de 14 metas que devemos tentar alcançar pouco a pouco, pelo menos duas a cada semana, para que possamos chegar ao nosso objetivo.

A primeira das metas é importantíssima: faça de cinco a seis refeições por dia - café da manhã, lanche da manhã, almoço, lanche da tarde, jantar e, para quem vai dormir tarde, o lanche da noite.

“O importante é não ficar mais de três horas sem comer. Então, vocês vão ter que se organizar no dia a dia de vocês para introduzir estas refeições”, diz a Dra. Samantha para os pacientes.

A segunda meta é usar as frutas como sobremesa e como opção daquele lanchinho rápido entre as refeições. Mas elas têm açúcar e o consumo aconselhado é de três a quatro porções por dia.

A meta número três é incluir verduras e legumes no almoço e no jantar.

A de número quatro é difícil para muita gente: o tamanho da porção de carne numa refeição não deve ser maior do que a palma da mão. A Dra. Samantha explica para o grupo como deve ser a medida da carne.

A meta seguinte é trocar a gordura animal por vegetal. Quanto ao azeite extra virgem, dá para consumir duas colheres de sopa nas saladas por dia. Já o óleo de cozinha é preciso restringir.

A nutricionista Samantha pergunta para a empregada doméstica Isabel Cristina Leôncio quantas latas de óleo ela utiliza para cozinhar. “Para mim e a minha patroa, uso umas duas latas”, responde Isabel.

A especialista explica, então, a quantidade que se deve usar em casa. “Vamos considerar uma família com dois adultos e duas crianças. Devemos utilizar uma lata de óleo por mês. No seu caso, você teria que utilizar meia lata de óleo. Isso é sinal que gente está fazendo muita fritura ou está adicionando muito óleo aos alimentos, para fazer arroz ou feijão. Dá pra gente diminuir esta quantidade”, explica a Dra. Samantha para a empregada doméstica.

A essa altura, o repórter Alberto Gaspar e os seus companheiros já estão, cada um a seu modo, engajados na educação alimentar.

“Eu detesto comer de manhã, odeio comer de manhã, mas como eu quero levar a sério, tudo direitinho eu estou tomando café de manhã”, conta Edna.

“Eu nunca fui muito chegado em café da manhã, era um cafezinho preto e olhe lá. Agora, estou me obrigando a comer uma coisinha, uma torrada”, revela Gaspar.

“Na hora do almoço, vem aquela saladona de novo. O que eu gostaria mesmo de comer é uma carne gorda, reforçada”, diz Luis.

“Agora são 20h50 e eu vou jantar. Vou jantar uma salada de alface, com um pequeno bife de filé de frango assado com tomate, um pouquinho de chuchu cozido na água e sal e vou tomar um suquinho de limão. Boa noite, até amanhã”, diz Edna para a câmera.

Globo Reporter

Confira as 14 metas para emagrecer com saúde

Confira as 14 metas para emagrecer com saúde

As nutricionistas da USP têm uma lista de 14 metas que devemos tentar alcançar pouco a pouco, pelo menos duas a cada semana, para perder peso.
 



Confira as 14 metas da educação alimentar, indicadas pelo Centro de Referência em Nutrição da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (USP).



1) Faça de 5 a 6 refeições por dia.
2) Frutas na sobremesa e nos lanches.
3) Coma verduras e legumes no almoço e no jantar.
4) A porção de carne deve ser do tamanho da palma da mão.
5) Troque a gordura animal por vegetal e consuma com moderação.
6) Modere nos açúcares e nos doces.
7) Diminua o sal e os alimentos ricos em sódio.
8) Consuma leite ou derivados na quantidade recomendada.
9) Consuma pelo menos 1 porção de cereal integral.
10) Coma uma porção de leguminosas por dia.
11) Reduza o álcool. Evite o consumo diário.
12) Beba no mínimo 2 litros de água por dia.
13) Faça pelo menos 30 minutos de atividade física todos os dias.
14) Aprecie sua refeição. Coma devagar

Globo Reporter

Harper-Winters


Harper-Winters



Photo by Smith Photographic

Laura Elizabeth Harper Weds

Randall Michael Winters


Laura Elizabeth Harper and Randall Michael Winters, both of Arlington, Virginia, were married on Saturday, March 13, 2010 at The Ritz- Carlton in Naples, Florida. Reverend John Booty served as the officiant for the sunset ceremony on Vanderbilt Beach. The beachfront ceremony and cocktail hour were followed by a formal dinner and dancing at The Beach House of the Ritz Carlton. Entertainment for the evening was provided by the Hot Topic Band.

The bride is the daughter of Mr. and Mrs. Jerald Ray Harper of Shreveport. She is the granddaughter of Nita Thomas and the late Sam Thomas of Monroe, Louisiana and Frances Harper and the late Zachary Harper of Shreveport. The groom is the son of Mr. and Mrs. John McLaughlin Winters of Hingham, Massachusetts. He is the grandson of the late Lucy Casella West and Andrew Fleming West, Jr. and the late Mr. and Mrs. John Joseph Winters.

The bride, given in marriage by her parents and escorted by her father chose a classic wedding gown designed by Romona Keveza for Sue Peyton's. The silk shantung taffeta gown had a sweetheart neckline and draped bodice. The box pleats in the back draped into a chapel-length train. The gown was accented by a crystal belt which tied into a pink satin sash. The bride's chapel length veil was enhanced with crystals. Along with her bouquet Laura carried a mother of pearl wedding Bible belonging to her mother.

Miss Clare West Blatchley, niece of the groom, served as flower girl and Mr. Sam Thomas, V, cousin of the bride, served as ring bearer. He carried a ring pillow of antique English Lace which was used in the wedding of Mr. and Mrs. Harper in 1980.

Laura graduated from Byrd High School in Shreveport. She received her Bachelor of Arts from Centenary College of Louisiana in 2004 with a degree in Communications. She is currently Political Affairs Manager for Blue Cross Blue Shield Association in Washington, D. C.

Randy is a graduate of Madison High School in Madison, New Jersey and Boston College where he also received his Masters of Business Administration. He is a Financial Analyst for Wilkes Artis, Chartered in Washington, D. C. After a honeymoon trip to Virgin Gorda the couple will reside in Arlington, Virginia.



©The Times
Published on March 21, 2010.

Lançamentos celebram 50 anos de Renato Russo



26/03/10 - 08h30 - Atualizado em 26/03/10 - 12h27
Lançamentos celebram 50 anos de Renato Russo


Se estivesse vivo, cantor faria aniversário neste sábado (27).
Álbum de duetos traz líder da extinta Legião Urbana em 15 encontros.

Henrique Porto

Do G1, no Rio

Se estivesse vivo, Renato Russo, líder do extinto grupo Legião Urbana, completaria 50 anos neste sábado (27). O aniversário será comemorado com novidades, entre eles um CD, um livro e uma produção para o cinema.



Nas livrarias, Renato é relembrado na obra “Como se não houvesse amanhã”. Organizado pelo escritor Henrique Rodrigues, o livro traz 20 histórias inspiradas em músicas da Legião Urbana, como "Tempo perdido" e "Eduardo e Mônica", cada uma escrita por um autor diferente.



O início da trajetória do ídolo morto em outubro de 1996 também será o tema do filme "Somos tão jovens", de Antônio Carlos Fontoura, que começa a ser rodado em Brasília, no segundo semestre.



Ouça uma seleção especial de músicas de Renato Russo



Além disso, especiais de TV estão programados para este sábado. A MTV reprisa o "Acústico MTV Legião Urbana" e a entrevista feita por Zeca Camargo com Renato Russo, em 1993. Na TV Globo, o programa "Altas Horas", apresentado por Serginho Groisman, receberá Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá, ex-companheiros de Renato na Legião, para falar sobre o grupo e tocar sucessos. Junto com Dado e Marcelo participarão os músicos Rogerio Flausino, Dinho Ouro-Preto, André Gonzáles, Fernando Catatau e Toni Platão.

"Duetos"

Na próxima semana, chega às lojas o álbum “Duetos” (EMI) que, entre registros já conhecidos e outros inéditos, traz Russo em 15 encontros em que divide os vocais com artistas como Dorival Caymmi, Erasmo Carlos, Caetano Veloso, Marisa Monte e Cássia Eller.


O cantor Renato Russo (Foto: Marcelo Fróes/Arquivo pessoal)

Idealizador e produtor executivo do projeto, Marcelo Fróes conta como surgiu a ideia de compilar gravações antigas com novas montagens realizadas a partir de arquivos pessoais do cantor.



“Já existia a vontade de fazer algo assim há bastante tempo. Sempre soube que havia material em quantidade para se montar um álbum. Utilizei 25 fitas, todas muito bem guardadas, que digitalizei e ouvi em um estúdio. Passei alguns dias ouvindo tudo. Selecionei os takes de voz, escolhi as músicas e os artistas que seriam convidados. Tudo com a aprovação da família de Renato”, disse Fróes.

Fita avariada

Mas alguns dos duetos não foram tão simples de resgatar. “Celeste”, demo que Marisa Monte e o cantor gravaram juntos em dezembro de 1993. Na época, Marisa fazia a pré-produção de seu CD “Verde anil amarelo core de rosa e carvão”.



“Foi difícil nem tanto pela qualidade da gravação, mas sim pelo do estado de conservação físico da fita DAT, que é uma mídia bem frágil. A própria Marisa a localizou, e estava amassada. Tive que levar para um estúdio em São Paulo e recuperá-la. Ficamos todos com o coração na mão, sem saber se ia dar certo.



Mas deu. Em cima dessa demo, Marisa e o produtor Carlos Trilha trabalharam o arranjo e inseriram novos instrumentos. Mais tarde, essa canção se transformaria em “Soul parsifal”, lançada pela Legião no álbum ‘A tempestade’, em 1996”, explicou Fróes.

"Uma gata"

A faixa de abertura do CD, “Like a lover” (“O cantador”) permaneceu inédita por 15 anos. De autoria de Dori Caymmi e Nelson Motta — que ganhou uma versão em inglês nos anos 60 — foi finalizada com a voz de Fernanda Takai, da banda mineira Pato Fu.



“Esta é sobra do disco ‘Equilíbrio distante’, de 1995. Já havia sido gravada por Elis Regina na era dos festivais. Renato conhecia a versão em inglês, com o Sergio Mendes & Brasil 66, de um disco que ouvia quando criança. O take que utilizamos para compor este dueto tinha o Renato cantando alguns trechos e cantarolando outros. Então percebi que a voz dela poderia entrar justamente nestes momentos”, disse Fróes, explicando a participação da vocalista do Pato Fu no disco.



“Ele gostava muito do grupo e adorava a Fernanda. Era fã mesmo. Dizia que ela era uma gata, mas de uma forma divertida”, relembrou.


Caetano Veloso durante gravação da faixa "Change partners" (Foto: Marcelo Fróes/Arquivo Pessoal)

Ainda entre os duetos “virtuais”, em que convidados adicionaram voz posteriormente, a partir de gravações já existentes de Renato Russo, Fróes destaca a participação de Caetano Veloso em “Change partners”. A canção foi gravada por Tom Jobim e Frank Sinatra no álbum clássico lançado pelos dois em 1967.



“Caetano é a única voz masculina entre os duetos póstumos, produzidos por Clemente Magalhães. Em todos os outros tivemos cantoras”, destaca Fróes, listando Leila Pinheiro (“La solitudene”), a italiana Laura Pausini (“Strani amore”), Célia Porto (“Come fa un’onda”), além da supracitada Fernanda Takai.



O repertório de “Duetos” se completa com participações do vocalista da Legião Urbana em discos de outros artistas, como 14 Bis (“Mais uma vez”), Erasmo Carlos (“A carta”), Paulo Ricardo (“A cruz e a espada”), entre outros, além de gravações retiradas de especiais para a TV, caso dos encontros com Herbert Vianna durante “Paralamas & Legião”, produzido pela TV Globo, em 1988; e com a cantora Adriana Calcanhotto no programa “Por acaso”, apresentado por José Maurício Machline.



A parte burocrática do projeto, que envolve licenciamentos e autorizações e poderia atrapalhar na liberação de fonogramas e nas participações de outros cantores, foi bem menos complexa e traumática do que se poderia imaginar. A avaliação é do próprio produtor.



“Dá trabalho, mas a coisa melhorou muito de um tempo pra cá. Antes tudo era ‘não’, até segunda ordem. Porque qualquer coisa envolvia milhões em dinheiro. Hoje as pessoas estão tendo que se unir, porque o mercado acabou. Está enganado quem pensa que este projeto vai render muito dinheiro. Não existe mais isso. Infelizmente já não se vende mais o tanto que vendia antigamente”, lamenta.

"Hipocrisia"

Fróes também se adianta em responder aos críticos, que costumam rotular projetos como este de “caça-níqueis” e “oportunistas”.


Carmem Manfredini, irmã de Renato Russo, visita o produtor Clemente Magalhães (à esq.) e Marcelo Fróes no estúdio (Foto: Marcelo Fróes/Arquivo pessoal)

“Levo essas porradas porque Renato Russo vende. Isso é uma hipocrisia. Aliás, considero uma grande sacanagem com ele. ‘Duetos’ não foi feito porque vende, e sim porque a família dele me conhece, porque existem fãs interessados em sua obra. E faço porque gosto dele”, desabafa Marcelo, comparando o resgate do espólio do cantor com outros trabalhos.



“Já fiz alguns projetos sobre Jackson do Pandeiro e ninguém nunca falou isso. E Jackson do Pandeiro vende. Aliás, vende muito. Mas nunca se preocuparam em falar mal. Mas é porque não sabem que vende muito ou porque não é famoso no Baixo Gávea”, pontua.



Para a alegria dos fãs, ele adianta que mais material referente ao vocalista da Legião Urbana deve ser editado ainda em 2010.



“Teremos mais coisas sim: sobras, curiosidades... Esse é o ano do Renato, né? Mas as últimas coisas inéditas, que são “Like a lover” e “Celeste”, soltamos no ‘Duetos’. Aguardem”.



Veja o repertório completo de "Duetos":



1 - "Like a lover", com Fernanda Takai

2 - "Celeste", com Marisa Monte

3 - "Vento no litoral", com Cássia Eller

4 - "Mais uma vez", com 14 Bis

5 - "A carta", com Erasmo Carlos"

6 - "A cruz e a espada", com Paulo Ricardo

7 - "Cathedral song/Catedral", com Zélia Duncan

8 - "Change partners", com Caetano Veloso

9 - "Strani amori", com Laura Pausini

10 - "La solitudine", com Leila Pinheiro

11 - "Come fa un'onda", com Célia Porto

12 - "Só louco", com Dorival Caymmi

13 - "Esquadros", com Adriana Calcanhotto

14 - "Nada por mim", com Herbert Vianna

15 - "Summertime", com Cida Moreira


A tecnologia do abraço por um matuto mineiro




O matuto falava tão calmamente, que parecia medir, analisar e meditar sobre cada palavra que dizia...
- É... Das invenção dos homens, a que mais tem sentido é o abraço.
o abraço não tem jeito de um só aproveitar! Tudo quanto é gente, no abraço, participa uma beradinha....
Quando você tá danado de saudade, o abraço de alguém te alivia...
Quando você tá com muita raiva, vem um, te abraça e você fica até sem graça de continuar com raiva....
Se você tá feliz e abraça alguém, esse alguém pega um pouquinho da sua alegria...
Se alguém tá doente, quando você abraça ele, ele começa a melhorar, e você melhora junto também....
Muita gente importante já tentou dar um jeito de saber por que que é que o abraço tem tanta tecnologia...
Mas eu sei!
O abraço é bom por causa do coração...
Quando você abraça alguém, faz massagem no coração!...
O coração do outro é massageado também! Mas não é só isso, não....
Aqui tá a chave do maior segredo de tudo:
É que, quando abraçamos alguém, nós ficamos com dois corações no peito!...
intonce...
Um abraçu prô cê!!!
"Não fique triste se alguém lhe virar as costas...
Isso significa, apenas, que essa pessoa não pode agüentar a firmeza de seu olhar.
O destino decide quem entra em nossas vidas...
As atitudes decidem quem permanece."

Obama, Medvedev Seal Deal on Nuclear Arms Pact


By REUTERS
Published: March 26, 2010




Filed at 10:49 a.m. ET


WASHINGTON (Reuters) - U.S. President Barack Obama and Russian President Dmitry Medvedev sealed an agreement on Friday on a landmark nuclear arms reduction treaty and will meet to sign it on April 8 in Prague, the White House said.

After months of deadlock, a breakthrough deal on a replacement for the Cold War-era START pact marked Obama's most significant foreign policy achievement since taking office and also boosts his effort to "reset" ties with Moscow.

Obama and Medvedev put the finishing touches on the historic accord during a phone call, committing the world's biggest nuclear weapons powers to big cuts in their arsenals.

"This landmark agreement advances the security of both nations and reaffirms American and Russian leadership on behalf of nuclear security and global non-proliferation," the White House said in a statement.

Under the 10-year agreement, each side must reduce its deployed strategic warheads to 1,550 from the 2,200 now allowed, the White House said.

Obama and Medvedev plan to sign the new Strategic Arms Reduction Treaty, which would replace a 1991 pact that expired in December, on April 8 in Prague, capital of the Czech Republic, a former Soviet satellite now in NATO.

That date is around the anniversary of Obama's speech in Prague last year offering his vision for eventually ridding the world of nuclear weapons, and will help build momentum for a nuclear security summit he will host in Washington on April 12-14.

The White House said the new treaty will not place constraints on U.S. missile defence programs, which had been a sticking point in negotiations because of Russia's opposition to such plans.

Obama still faces a fight for U.S. Senate ratification of the treaty at a time of bipartisan rancour in the wake of a bitter fight that ended in congressional approval of his healthcare overhaul.

The new pact could strengthen Obama politically, giving him a major foreign policy success and building on the domestic political victory he scored this week when he signed sweeping healthcare reform into law.

For almost a year, Russian and U.S. negotiators have tried to reach a follow-on START pact. They missed a December 5 deadline when START I expired.

(Writing by Matt Spetalnick, additional reporting by Jeff Mason; Editing by Eric Beech)

IPhone App to Sidestep AT&T




By DAVID POGUE
Published: March 24, 2010




For a little $1 iPhone app, Line2 sure has the potential to shake up an entire industry.

It can save you money. It can make calls where AT&T’s signal is weak, like indoors. It can turn an iPod Touch into a full-blown cellphone.

And it can ruin the sleep of cellphone executives everywhere.

Line2 gives your iPhone a second phone number — a second phone line, complete with its own contacts list, voice mail, and so on. The company behind it, Toktumi (get it?), imagines that you’ll distribute the Line2 number to business contacts, and your regular iPhone number to friends and family. Your second line can be an 800 number, if you wish, or you can transfer an existing number.

To that end, Toktumi offers, on its Web site, a raft of Google Voice-ish features that are intended to help a small businesses look bigger: call screening, Do Not Disturb hours and voice mail messages sent to you as e-mail. You can create an “automated attendant” —“Press 1 for sales,” “Press 2 for accounting,” and so on — that routes incoming calls to other phone numbers. Or, if you’re pretending to be a bigger business than you are, route them all to yourself.

The Line2 app is a carbon copy, a visual clone, of the iPhone’s own phone software. The dialing pad, your iPhone Contacts list, your recent calls list and visual voice mail all look just like the iPhone’s.

(Let’s pause for a moment here to blink, dumbfounded, at that point. Apple’s rules prohibit App Store programs that look or work too much like the iPhone’s own built-in apps. For example, Apple rejected the Google Voice app because, as Apple explained to the Federal Communications Commission, it works “by replacing the iPhone’s core mobile telephone functionality and Apple user interface with its own user interface for telephone calls.” That is exactly what Line2 does. Oh well—the Jobs works in mysterious ways.)

So you have a second line on your iPhone. But that’s not the best part.

Line2 also turns the iPhone into a dual-mode phone. That is, it can make and receive calls either using either the AT&T airwaves as usual, or — now this is the best part — over the Internet. Any time you’re in a wireless hot spot, Line2 places its calls over Wi-Fi instead of AT&T’s network.

That’s a game-changer. Where, after all, is cellphone reception generally the worst? Right — indoors. In your house or your office building, precisely where you have Wi-Fi. Line2 in Wi-Fi means rock-solid, confident reception indoors.

Line2 also runs on the iPod Touch. When you’re in a Wi-Fi hot spot, your Touch is now a full-blown cellphone, and you don’t owe AT&T a penny.

But wait, there’s more.

Turns out Wi-Fi calls don’t use up any AT&T minutes. You can talk all day long, without ever worrying about going over your monthly allotment of minutes. Wi-Fi calls are free forever.

Well, not quite free; Line2 service costs $15 a month (after a 30-day free trial).

But here’s one of those cases where spending more could save you money. If you’re in a Wi-Fi hot spot most of the time (at work, for example), that’s an awful lot of calling you can do in Wi-Fi — probably enough to downgrade your AT&T plan to one that gives you fewer minutes. If you’re on the 900-minute or unlimited plan ($90 or $100 a month), for example, you might be able to get away with the 450-minute plan ($70). Even with Line2’s fee, you’re saving $5 or $15 a month.

Line2 also lets you call overseas phone numbers for Skype-like rates: 2 to 5 cents a minute to most countries. (A full table of rates is available at toktumi.com.) As a handy globetrotters’ bonus, calls home to numbers in the United States from overseas hot spots are free.

All of these benefits come to you when you’re in a Wi-Fi hot spot, because your calls are carried by the Internet instead of by AT&T. Interestingly enough, though, Line2 can also make Internet calls even when you’re not in a hot spot.

It can, at your option, place calls over AT&T’s 3G data network, where it’s available. Every iPhone plan includes unlimited use of this 3G network — it’s how your iPhone sends e-mail and surfs the Web. So once again, Line2 calls don’t use up any of your monthly voice minutes.

Unfortunately, voice connections on the 3G network aren’t as strong and reliable as the voice or Wi-Fi methods. Cellular data networks aren’t made for seamless handoffs from cell tower to tower as you drive, for example — there’s not much need for it if you’re just doing e-mail and Web — so dropped calls are more likely. Fortunately, if you’re on a 3G data-network call and you walk into a hot spot, Line2 switches to the more reliable Wi-Fi network seamlessly, in midcall.
Whenever you do have an Internet connection — either Wi-Fi or a strong 3G area —you’re in for a startling treat. If you and your calling partner are both Line2 subscribers, Line2 kicks you into superhigh audio-quality mode (16-bit mode, as the techies call it).
Your calling partners sound as if they’re speaking right into the mike at an FM radio station. It’s almost too clear; you hear the other person’s breathing, lip smacks, clothing rustling and so on. After years of suffering through awful cellphone audio, it’s quite a revelation to hear what you’ve been missing.

Now, this all sounds wonderful, and Line2 generally is wonderful. But there’s room for improvement.

First, as you’ve no doubt already concluded, understanding Line2 is complicated. You have three different ways to make calls, each with pros and cons.

You miss a certain degree of refinement, too. The dialing pad doesn’t make touch-tone sounds as you tap the keys. There’s no Favorites list within the Line2 app. You can’t get or send text messages on your Line2 line. (The company says it will fix all this soon.)

There’s a faint hiss on Line2 calls, as if you’re on a long-distance call in 1970. The company says that it deliberately introduces this “comfort noise” to reassure you that you’re still connected, but it’s unnecessary. And sometimes there’s a voice delay of a half-second or so (of course, you sometimes get that on regular cellphone calls, too).

Finally, a note about incoming calls. If the Line2 app is open at the time, you’re connected via Wi-Fi, if available. If it’s not running, the call comes in through AT&T, so you lose the benefits of Wi-Fi calling. In short, until Apple blesses the iPhone with multitasking software, you have to leave Line2 open whenever you put the phone to sleep. That’s awkward.

Still, Line2 is the first app that can receive incoming calls via either Wi-Fi or cellular voice, so you get the call even if the app isn’t running. That’s one of several advantages that distinguish it from other voice-over-Internet apps like Skype and TruPhone.

Another example: If you’re on a Wi-Fi call using those other programs, and someone calls your regular iPhone number, your first call is unceremoniously disconnected. Line2, on the other hand, offers you the chance to decline the incoming call without losing your Wi-Fi call.

Those rival apps also lack Line2’s call-management features, visual voice mail and conference calling with up to 20 other people. And Line2 is the only app that gives you a choice of call methods for incoming and outgoing calls.

All of this should rattle cell industry executives, because let’s face it: the Internet tends to make things free. Cell carriers go through life hoping nobody notices the cellephant in the room: that once everybody starts making free calls over the Internet, it’s Game Over for the dollars-for-minutes model.

Line2, however, brings us one big step closer to that very future. It’s going to be a wild ride.

Hamas Says Attacked Israeli Troops Entering Gaza

Hamas Says Attacked Israeli Troops Entering Gaza
By REUTERS
Published: March 26, 2010




Filed at 10:52 a.m. ET


GAZA (Reuters) - Hamas said its gunmen fired on Israeli soldiers who crossed into the Gaza Strip on Friday during a clash which Palestinian witnesses said inflicted at least one military casualty.

Hamas, Gaza's ruling Islamist movement, has largely held fire since its costly 2008-2009 war with Israel, though other factions have chafed at the de facto truce.

"An Israeli army force raided 500 metres (yards) into Palestinian territory, and was confronted by our gunmen," said Abu Obeida, spokesman for the Hamas armed wing. "This was our work, but was carried out for defence."

Witnesses said Friday's exchange of fire began when an explosion, possibly caused by a anti-armour rocket fired from the nearby Palestinian town of Khan Younis, hit an Israeli army patrol on the central Gazan border.

Backed by tanks, the troops fired back at their assailants and entered Gazan territory, the witnesses said. Such pursuits are common practice for the Israelis, who try to maintain a buffer zone within the border fence off-limits to Palestinians.

The witnesses said that, during the fighting, soldiers stretchered away a wounded comrade and helicopters came to the scene, apparently for medical evacuations.

Abu Obeida's statement did not make clear who might have carried out the initial ambush on the Israeli patrol. There were no other claims of responsibility, nor immediate word of Palestinian casualties.

An Israeli army spokeswoman said she was aware of an incident under way in the area. She did not offer more details. (Reporting by Nidal al-Mughrabi; writing by Dan Williams; editing by Philippa Fletcher)

http://www.nytimes.com

South Korean Ship Fires At Unidentified Vesse1

By REUTERS
Published: March 26, 2010




Filed at 10:54 a.m. ET


SEOUL (Reuters) - A South Korean naval ship fired at an unidentified vessel to the north on Friday after a South Korean naval vessel began sinking, the Yonhap news agency reported.

Broadcaster SBS said many sailors were feared dead on the stricken ship.

Earlier, South Korea's YTN TV network said the government was investigating whether the sinking was due to a torpedo attack by the North.

(Reporting by Cho Mee-young and Jon Herskovitz; Editing by Alex Richardson)

Pope Was Told Pedophile Priest Would Get Transfer



Pope Benedict XVI met with Guatemala’s President Alvaro Colom, right, during a meeting in his private apartment at the Vatican on Friday.
By NICHOLAS KULISH and KATRIN BENNHOLD
Published: March 25, 2010




MUNICH — The future Pope Benedict XVI was kept more closely apprised of a sexual abuse case in Germany than previous church statements have suggested, raising fresh questions about his handling of a scandal unfolding under his direct supervision before he rose to the top of the church’s hierarchy.


Cardinal Joseph Ratzinger, the future pope and archbishop in Munich at the time, was copied on a memo that informed him that a priest, whom he had approved sending to therapy in 1980 to overcome pedophilia, would be returned to pastoral work within days of beginning psychiatric treatment. The priest was later convicted of molesting boys in another parish.

An initial statement on the matter issued earlier this month by the Archdiocese of Munich and Freising placed full responsibility for the decision to allow the priest to resume his duties on Cardinal Ratzinger’s deputy, the Rev. Gerhard Gruber. But the memo, whose existence was confirmed by two church officials, shows that the future pope not only led a meeting on Jan. 15, 1980, approving the transfer of the priest, but was also kept informed about the priest’s reassignment.

What part he played in the decision making, and how much interest he showed in the case of the troubled priest, who had molested multiple boys in his previous job, remains unclear. But the personnel chief who handled the matter from the beginning, the Rev. Friedrich Fahr, “always remained personally, exceptionally connected” to Cardinal Ratzinger, the church said.

The case of the German priest, the Rev. Peter Hullermann, has acquired fresh relevance because it unfolded at a time when Cardinal Ratzinger, who was later put in charge of handling thousands of abuse cases on behalf of the Vatican, was in a position to refer the priest for prosecution, or at least to stop him from coming into contact with children. The German Archdiocese has acknowledged that “bad mistakes” were made in the handling of Father Hullermann, though it attributed those mistakes to people reporting to Cardinal Ratzinger rather than to the cardinal himself.

Church officials defend Benedict by saying the memo was routine and was “unlikely to have landed on the archbishop’s desk,” according to the Rev. Lorenz Wolf, judicial vicar at the Munich Archdiocese. But Father Wolf said he could not rule out that Cardinal Ratzinger had read it.

According to Father Wolf, who spoke with Father Gruber this week at the request of The New York Times, Father Gruber, the former vicar general, said that he could not remember a detailed conversation with Cardinal Ratzinger about Father Hullermann, but that Father Gruber refused to rule out that “the name had come up.”

Benedict is well known for handling priestly abuse cases in the Vatican before he became pope. While some have criticized his role in adjudicating such cases over the past two decades, he has also won praise from victims’ advocates for taking the issue more seriously, apologizing to American victims in 2008.

The future pope’s time in Munich, in the broader sweep of his life story, has until now been viewed mostly as a steppingstone on the road to the Vatican. But this period in his career has recently come under scrutiny — particularly six decisive weeks from December 1979 to February 1980.

In that short span, a review of letters, meeting minutes and documents from personnel files shows, Father Hullermann went from disgrace and suspension from his duties in Essen to working without restrictions as a priest in Munich, despite the fact that he was described in the letter requesting his transfer as a potential “danger.”

In September 1979, the chaplain was removed from his congregation after three sets of parents told his superior, the Rev. Norbert Essink, that he had molested their sons, charges he did not deny, according to notes taken by the superior and still in Father Hullermann’s personnel file in Essen.

On Dec. 20, 1979, Munich’s personnel chief, Father Fahr, received a phone call from his counterpart in the Essen Diocese, Klaus Malangré.

There is no official record of their conversation, but in a letter to Father Fahr dated that Jan. 3, Father Malangré referred to it as part of a formal request for Father Hullermann’s transfer to Munich to see a psychiatrist there.

Sexual abuse of boys is not explicitly mentioned in the letter, but the subtext is clear. “Reports from the congregation in which he was last active made us aware that Chaplain Hullermann presented a danger that caused us to immediately withdraw him from pastoral duties,” the letter said. By pointing out that “no proceedings against Chaplain Hullermann are pending,” Father Malangré also communicated that the danger in question was serious enough that it could have merited legal consequences

He dropped another clear hint by suggesting that Father Hullermann could teach religion “at a girls’ school.”

On Jan. 9, Father Fahr prepared a summary of the situation for top officials at the diocese, before their weekly meeting, saying that a young chaplain needed “medical-psychotherapeutic treatment in Munich” and a place to live with “an understanding colleague.” Beyond that, it presented the priest from Essen in almost glowing terms, as a “very talented man, who could be used in a variety of ways.”

Father Fahr’s role in the case has thus far received little attention, in contrast to Father Gruber’s mea culpa.

Father Wolf, who is acting as the internal legal adviser on the Hullermann case, said in an interview this week that Father Fahr was “the filter” of all information concerning Father Hullermann. He was also, according to his obituary on the archdiocese Web site, a close friend of Cardinal Ratzinger.

A key moment came on Tuesday, Jan. 15, 1980. Cardinal Ratzinger presided that morning over the meeting of the diocesan council. His auxiliary bishops and department heads gathered in a conference room on the top floor of the bishop’s administrative offices, housed in a former monastery on a narrow lane in downtown Munich.

It was a busy day, with the deaths of five priests, the acquisition of a piece of art and pastoral care in Vietnamese for recent immigrants among the issues sharing the agenda with item 5d, the delicate matter of Father Hullermann’s future.

The minutes of the meeting include no references to the actual discussion that day, simply stating that a priest from Essen in need of psychiatric treatment required room and board in a Munich congregation. “The request is granted,” read the minutes, stipulating that Father Hullermann would live at St. John the Baptist Church in the northern part of the city.

Church officials have their own special name for the language in meeting minutes, which are internal but circulate among secretaries and other diocese staff members, said Father Wolf, who has a digitized archive of meeting minutes, including those for the Jan. 15 meeting. “It’s protocol-speak,” he said. “Those who know what it’s about understand, and those who don’t, don’t.”

Five days later, on Jan. 20, Cardinal Ratzinger’s office received a copy of the memo from his vicar general, Father Gruber, returning Father Hullermann to full duties, a spokesman for the archdiocese confirmed.

Father Hullermann resumed parish work practically on arrival in Munich, on Feb. 1, 1980. He was convicted in 1986 of molesting boys at another Bavarian parish.

This week, new accusations of sexual abuse emerged, both from his first assignment in a parish near Essen, in northern Germany, and from 1998 in the southern German town of Garching an der Alz.

Father Fahr died two years ago. A spokesman for the diocese in Essen said that Father Malangré was not available for an interview. Father Malangré, now 88, recently had an accident and was confused and unreliable as a witness when questioned in an internal inquiry into the handling of Father Hullermann’s case, said the spokesman, Ulrich Lota.

Father Gruber, who took responsibility for the decision to put Father Hullermann back into a parish, was not present at the Jan. 15 meeting, according to Father Wolf, and has not answered repeated interview requests.

http://www.nytimes.com

Depois de pesar quase 160kg, triatleta supera a obesidade e disputa o Iron Man

Hoje com 90kg, Alexandre corre cerca de 30km todos os dias
Alexandre pedala 250km por dia

Antes e depois da cirurgia: Alexandre perdeu 70kg, virou triatleta e treina para o Iron Man

Alexandre, com quase 160kg, ao lado da esposa


Depois de pesar quase 160kg, triatleta supera a obesidade e disputa o Iron Man


Domingo, 'Esporte Espetacular' mostra a história de superação de Alexandre Petraglia, que perdeu 70kg após uma cirurgia de redução de estômago

GLOBOESPORTE.COM

Rio de Janeiro

Aulas na faculdade seguidas de horas e horas de trabalho. Se antes as atividades físicas faziam parte da vida de Alexandre Petraglia, a loucura do cotidiano fez com que ele deixasse os exercícios de lado. Resultado: aos 27 anos o representante comercial pesava 158kg. Consequentemente, surgiram problemas de saúde, como diabetes e hipertensão.



Com um histórico familiar preocupante, Alexandre reviveu o sofrimento do pai, que teve a perna amputada, e do avô, que é cadeirante por conta de problemas circulatórios, ambos em decorrência da diabetes. Foi aí que, em 2007, ele encontrou o médico Luiz Alfredo D'Almeida e resolveu enfrentar uma cirurgia de redução de estômago.



O processo de recuperação não foi nada fácil. Aos poucos, Alexandre era liberado para voltar a fazer exercícios. No começo, apenas quatro minutos de caminhada e um de corrida leve. Ele foi tomando gosto pelas atividades. Da corrida mais forte foi parar nas pedaladas. Das pedaladas passou para a natação. Sem saber, o representante comercial se transformava em um triatleta

Alexandre começou a levar o esporte a sério e conheceu o treinador Walter Tuche, que o incentivou e sugeriu a participação no Iron Man. Ele topou o desafio e, hoje, com 30 anos e 70kg a menos, pedala em média 250km/dia, nada cerca de 6km/dia e corre entre 20km e 30km/dia.


Na prova do Iron Man de Florianópolis, que será disputada no dia 31 de maio, serão 3,8 km de natação, 180km de ciclismo e 42km de corrida. Alexandre tem 17 horas para completar o persurso, mas, confiante, espera concluir a prova em 13 ou 14 horas.



O apoio da esposa, a enfermeira Deborah Miho, e do filho, Gabriel, de 5 anos, foram fundamentais para a reviravolta na vida de Alexandre, o triatleta que hoje pesa 90kg em seus 1,80m de altura.



Domingo, no "Esporte Espetacular", você confere a reportagem completa da incrível história de superação do representante comercial Alexandre Petraglia.

Facebook dismisses syphilis link


 
The social network says that a correlation with the rise of venereal disease is not the same as causation.


By Matt Warman, Consumer Technology Editor

Published: 10:53AM GMT 25 Mar 2010


Facebook has deneid that its site has had anything to do with a rise in syphilis infections in north-east England Photo: BLOOMBERG

Social network Facebook has said that reports linking the site’s rise to an increased incidence of the bacterial infection syphilis are “ridiculous”.

After widespread media reports that the venereal disease has increased fourfold in Sunderland, Durham and Teesside, the areas of Britain where Facebook is most popular, the network issued a statement saying that “Facebook is no more responsible for STD transmission than newspapers are responsible for bad vision.”

Professor Peter Kelly, director of public health in Teesside, had said staff had found a link between social networking sites and the rise in cases, especially among young women, suggesting that Facebook had given people a new way to meet multiple partners for casual sexual encounters.

"I don't get the names of people affected, just figures, and I saw that several of the people had met sexual partners through these sites,” said Prof Kelly. "Social networking sites are making it easier for people to meet up for casual sex."

Facebook, however, said that Prof Kelly had been misrepresented: “Today’s reports exaggerate the comments made by the professor, and ignore the difference between correlation and causation,” said a spokesman.

The social network also pointed out that the dramatic rise in social networking over the past two years meant that Facebook’s rise could be correlated with any other increased trend in the UK. That did not, however, suggest a causal link, the site said. Approximately 23 million Briton’s are now Facebook members.

Cash Isas: make the most of your money

In the rush to make the most of this year's Isa allowance, don't neglect the money you may have stashed away in previous years.


By Justin Harper
Published: 12:31PM GMT 23 Mar 2010

If you had taken full advantage of all previous years' Isas, as well as their predecessor, Tessas, you would have more than £60,000 in these tax-free vehicles.

With such sums involved it comes as no surprise that the number of accounts accepting transfers in has jumped from 74 per cent to 90 per cent in the past five years. So when looking for the best deals as the end of the tax year approaches, consider transferring your old Isas, too.


Newcastle Building Society's Reward Saver Isa is the best-paying variable rate deal that accepts transfers, according to Moneyfacts.co.uk. It is currently paying 3 per cent, including a 1 per cent bonus for 12 months. Savers can invest upwards of £500 or opt to split the money with other Isas in Newcastle Building Society's range. If access is required during the term, savers must either give 120 days' notice or lose 120 days' interest.

If savers are looking to fix the rate they receive, Halifax's Fixed Rate Isa Saver is the best option. The branch-based account has a two-year term and pays 3.5 per cent. Savers can invest from £500, but once opened further additions are not permitted. Access to funds during the term is available on closure only, subject to 30 days' notice and a loss of 180 days' interest.

Savers looking to tie up their money for just one year are being offered a rate of 3 per cent from the Post Office. Savers can invest from £500 into the account, but further additions are not permitted.

http://www.telegraph.co.uk/


Southern China suffers worst drought in memory
The whole of Southern China is in the grip of the worst drought in living memory, leaving at least 18 million people without access to drinking water, according to the government.


By Malcolm Moore in Shanghai
Published: 1:19PM GMT 26 Mar 2010

A farmer looks for water in a dried-up river in Luliang county in southwest China's Yunnan province Photo: EPA

Since 1517, when records began in the small Chinese village of Xiazha, there has always been water in its three wells.

This spring, however, the wells dried up.

"I'm 83 years old, I've never seen anything like this," said Yang Kuanren, a villager in Xiazha, in Guangxi province. "Not a single drop of water can be seen in our wells. For hundreds of years, we have relied on those wells for irrigation and drinking water and we do not know what to do.

"It is time to start planting the fields, but the earth is so dry we cannot even plough it."

Three enormous water reservoirs that normally feed the village, and its neighbours, which usually hold enough water to irrigate 5,000 acres of land, have also run dry.

Nearby villages have started drilling new wells, but there is little water to be found, even several hundred feet below ground.

In response to the drought, which has swept across Yunnan, Guangxi, Guizhou, Sichuan and Chongqing, China has mobilised the full might of its army, sending troops to deliver 1.4 million tons of emergency food and thousands of water trucks.

Wen Jiabao, the prime minister, has made a personal visit to the region to reassure villagers, some of whom are having to trek more than 12 miles a day to collect water.

Growing enough food to hit China's targets this year "will be a test for sure" in the wake of the calamity, said Mr Wen.

More than 5,000 villagers in Yunnan have been forced to leave home and camp near streams in the foothills of the Himalayas.

The normally sub-tropical south of China saw its rainy season evaporate this year, with the average temperature in Yunnan two degrees higher than normal, and rainfall at only half the usual level.

Yunnan is the source of several of Asia's biggest rivers, including the Yangtze and the Mekong and almost a billion people living downstream could be affected as they dry up. The Mekong is at its lowest level for 20 years. Over five million hectares of forests have withered or been ravaged by fires.

The cost of the drought in failed crops and falling electricity production from the region's network of hydroelectric dams is already estimated at 24bn yuan (£2.36 billion) and there could be knock-on costs for the huge aluminium smelters that set up in the region to take advantage of the cheap hydroelectric power.

To produce rain, the government began seeding the clouds above 88 cities in Guizhou this week.

However, according to Accuweather, the American weather forecaster, there is "little prospect for meaningful rainfall [in the region] until May".

A spokesman for the Yunnan Land Resources bureau said: "The situation here will get worse in the coming months before it gets any better, but hopefully if we drill more wells and divert more water to those in need, we can help ease the situation."


http://www.telegraph.co.uk

Geoff Hoon: I was ‘showing off’ on lobbying secret film

Geoff Hoon, the former Cabinet minister, has claimed that he was ‘showing off’ when he was secretly filmed offering to use his political contacts to make money.


Published: 9:38AM GMT 26 Mar 2010
Geoff Hoon and three senior ex-ministers were shown on Channel 4?s Dispatches programme discussing how they could work for a fake American firm Photo: EPA

The former defence secretary, caught out in a sting by journalists posing as lobbyists, apologised for his actions but defended his right to seek work as he “served his notice period” from Parliament.

He was one of three senior ex-ministers suspended by the Labour Party this week after they were shown on Channel 4’s Dispatches programme discussing how they could work for a fake American firm.


In the first comment by any of the MPs caught up in the scandal since the programme was aired, Mr Hoon said that he apologised “unreservedly” to anyone who felt let down by his behaviour.

He told BBC Radio 4’s Today Programme: "I certainly got it wrong, I should have known better. I have paid a considerable price since then for the mistake I made in agreeing to what I thought was a private conversation.

"I obviously didn't know that that private conversation was being filmed and recorded for broadcast and I shouldn't have said some of the things that I did say.

"I recognise that I was guilty of showing off, I think is the best expression that I could use. I was trying to impress, I was trying to demonstrate my knowledge and experience, background in a particular sector.

"I certainly would unreservedly apologise to anyone who feels that I have let them down. I have made clear that I got it wrong."

Mr Hoon, who had already announced that he would stand down from Parliament at the forthcoming general election, said that he thought that most constituents would understand that he needed to seek new employment while serving his “notice period” as an MP.

Despite the generous pensions and retirement grants that they receive, Mr Hoon said that as a former chief whip he was aware that many struggled for “years” to find new jobs after leaving Parliament.

He admitted that the House of Commons had been tainted by the lobbying and expenses scandals, and said that he was looking forward to starting a new life after leaving Parliament.

Earlier this week, it was announced that Mr Hoon had been asked to step down from a key post on a Nato committee, having boasted on the Channel 4 film that he had used a trip to Washington DC as part of his work for the international organisation to drum up private work.

Gordon Brown and senior Labour figures have been highly critical of Mr Hoon, Stephen Byers, the former transport secretary, and Patricia Hewitt, an ex-health secretary, who were also caught up in the sting.

David Cameron, the Conservative leader, has said that John Butterfill, MP for Bournemouth West and the only Tory to appear on the film, will never receive a peerage.

Margaret Moran, the disgraced Labour backbencher, was shown offering to begin work straight away for the firm, while her office turned down a request for a meeting with a constituent on the grounds that she was too ill.

http://www.telegraph.co.uk

Three year-old killed after weeks of abuse

 
A couple have been found guilty of murdering three-year-old Ryan Lovell-Hancox who died in hospital on Christmas Eve after being abused, neglected and beaten.


Published: 12:45PM GMT 26 Mar 2010
Ryan Lowell-Hancox who died from injuries sustained during an attack by carers looking after him

Christopher Taylor and Kayley Boleyn of killed Ryan after weeks of ill treatment in an attack at their flat in Bilston, West Midlands, in December 2008.

A four-week trial at Wolverhampton Crown Court heard that Ryan's mother was paying around £40 a week for Taylor, 25, and 19-year-old Boleyn to look after Ryan while she decorated her home in the month before the boy's death

The pair were also convicted of child cruelty.

The defendants, who will be sentenced later this year, had been looking after Ryan – who suffered more than 70 injuries – for almost a month when he was subjected to a serious assault at their flat in Slim Avenue on December 22, 2008.

The trial was told that Ryan – who died in hospital two days later – was seen at the bedsit by a housing support officer hours before the attack which led to his death.

The court heard that the officer, who gave Boleyn a lift to a job centre, assumed Ryan was asleep after seeing one of his legs sticking out from under bedding.

It also emerged that a child had also been seen by housing officials at the flat on previous occasions, despite conditions stipulating that children could not live there.

In a statement after the verdict, Ryan's mother who was 16 when he was born, described her horror at learning of her child's treatment.

Miss Hancox, who was brought up as a Jehovah's Witness, said: "I have followed this trial and I have held my head up high.

"Not only were Taylor and Boleyn on trial but I myself was made to feel I was on trial."

Stressing that she had been "very close" to Boleyn, who spent much time at her mother and father's homes, Miss Hancox added:

"My crime was naivety. Kayley is related to my family. She never showed any signs of nastiness."

She added: "Whenever I saw Ryan at my house or at the flat he was always fine, no signs of anything wrong.

"Since 24 December 2008, I have suffered agonising depression, self loathing, tremendous guilt and loneliness.

"All I want is to see these two locked up for a lifetime and most of all I want and need a chance to rebuild my life and put my son to rest after this long period of time."


http://www.telegraph.co.uk

A dieta sem dieta: mude seus hábitos e alcance seus objetivos





Os dez princípios da dieta sem dieta
1 O cérebro humano é uma máquina de hábitos. Ele foi preparado para aprender com rapidez a fazer as mesmas coisas repetidamente. Se não fosse assim, teríamos de reaprender todas as tarefas sempre.
2 Quando se depara com um estímulo conhecido, o cérebro reage exatamente como no passado. Mas por ser equipado com mecanismos de aprendizado altamente sofisticados, se fizermos algo diferente, ele também vai reagir de forma diferente.
3 O cérebro é tão eficiente que, à medida que nós envelhecemos, ele passa a agir cada vez mais por força do hábito. Passa grande parte do tempo sem pensar conscientemente. É como se passasse os dias ligado no piloto automático.
4 Repetir bons hábitos é bom para nós. Significa que não temos de reaprender tudo a cada vez e que podemos usar nossa capacidade mental em outras tarefas.
5 Por outro lado, o cérebro não é muito bom em discernir entre bons e maus hábitos. Repetir maus hábitos prejudica física e psicologicamente.
6 Para não repetir erros passados, devemos sempre fazer algo diferente. É muito mais fácil mudarmos aos poucos o nosso comportamento do que tentar mudar de uma vez só o nosso modo de pensar. Se todos os dias fizermos algo diferente em nossas vidas, obteremos algo diferente em troca.
7 A teia de hábitos é incrivelmente forte. É por isso que os hábitos sempre superam a força de vontade. Se nós não fizermos algo diferente, não tentarmos mudar algo em nossas vidas, os hábitos permanecerão os mesmos.
8 Romper com os velhos e costumeiros hábitos é a chave para melhorar nossas vidas. Isso nos deixará livres para conseguir o que queremos.
9 Abandonar hábitos isolados pode desfazer a teia toda. Precisamos quebrar os hábitos que nos cercam. Depois devemos quebrar os que desejamos. Muitas vezes, esses hábitos isolados parecem ter pouco em comum com os hábitos-alvo. Contudo, precisamos quebrá-los para alcançar nossos objetivos.
10 Não podemos ser uma máquina de hábitos, nem agir sempre do mesmo modo. Devemos ter a mente aberta e não funcionar no piloto automático. Dessa forma, é possível emagrecer, ver os relacionamentos se tornarem melhores e ainda há uma grande chance de conseguir grandes progressos na vida.
Fletcher é um daqueles médicos que condenam os regimes restritivos. Para ele, essas dietas confundem o organismo, aumentam o risco de depressão, desequilibram o sistema imunológico, afetam o funcionamento do coração, fígado e rins, além de abalarem de abalarem a auto-estima das gordinhas. “Elas ficam com a sensação de que fracassaram mais uma vez, mas na verdade quem fracassou foi a dieta que não produziu os objetivos prometidos”, analisa o médico.
Pela sua proposta de emagrecimento, as pessoas precisam ser mais flexíveis, o que ele chama de flexibilidade comportamental. Segundo o psicólogo, quando uma pessoa muda seus hábitos, estejam eles relacionados à comida ou não, acaba produzindo uma nova organização mental, que se reflete no consumo moderado ou mais correto de alimentos. “Inconscientemente, você incorpora uma dieta mais saudável e passa a se movimentar mais”, diz Fletcher. Para embasar a sua teoria, ele analisou um grupo de pessoas levando em consideração sua saúde e sua capacidade de tocar projetos pessoais. a partir daí ficou claro que havia uma relação entre o índice de massa corpórea (IMC) e a flexibilidade comportamental. “Quanto menos eram flexíveis, maior seu peso. Por outro lado, as pessoas magras tinham muito mais flexibilidade comportamental”.

CINCO FASES

Não espere resultados imediatos quando começar esse programa de emagrecimento. A dieta sem dieta, como é chamada, é dividida em cinco fases. As quatro primeiras têm duração de uma semana e o emagrecimento é lento. Mas, segundo os autores, os quilos perdidos nunca mais são recuperados. A primeira fase é para que você abandone os velhos hábitos. “Esse é um passo decisivo para a perda de peso”, diz o psicólogo. A proposta é que você realize uma tarefa simples por dia. Também é preciso fazer duas tarefas extras ao longo da semana. Já a segunda fase é destinada a alterar os padrões de comportamento ou mesmo de personalidade. Na terceira fase a proposta é se tornar mais flexível mentalmente. “Você não se sentirá atraída por alimentos não-saudáveis”. Na quarta, você irá fazer mudanças mais radicais, que a princípio podem parecer difíceis. E a última é para que você consiga incorporar de vez todas essas novas mudanças à sua vida.

>> Como seguir a dieta

FASE 1: Prepare-se

Nesta fase você deverá realizar uma tarefa por dia. É importante seguir todos os passos. Se precisar parar por um dia, tudo bem. Reinicie do ponto que parou. Alem disso, você terá duas tarefas adicionais a cumprir, que pode ser realizada em qualquer dia, desde que seja dentro dessa semana.

DIA 1 – FIQUE UM DIA INTEIRO SEM ASSISTIR À TELEVISÃO
Provavelmente, ela foi incorporada a sua vida sem você ter percebido e esse é um hábito muito poderoso. Ao ligá-la você se desliga do mundo. Vá fazer outras atividades. Caminhe, ligue para um amigo ou até arrume aquela gaveta bagunçada que você nunca tem tempo.
DIA 2 – ESCREVA DURANTE 15 MINUTOS
Pode ser uma história, um poema, o início de sua biografia ou até o que você quer fazer daqui a um ano. O importante é se concentrar nessa tarefa. O objetivo é tornar claro o modo como você quer viver. A primeira linha será a mais difícil, mas não desista. Depois que você der esse passo, o texto fluirá.
DIA 3 – NÃO CONSUMA SUA BEBIDA FAVORITA
Você deve experimentar uma bebida diferente. Se você é daquelas que gostam muito de café, troque-o por água, por exemplo. Provavelmente seu corpo vai reagir pela falta de cafeína. Mas seja firme, essa é uma quebra de hábito importante para seu emagrecimento.
DIA 4 – CAMINHE POR 15 MINUTOS
Escolha o melhor horário e incorpore a caminhada na sua rotina de hoje. Caminhar é ótimo para aliviar o stress. Aproveite esse tempo livre para pensar na vida e no que você deseja.
DIA 5 – ACORDE UMA HORA MAIS CEDO
Programe o despertador um dia antes para não perder o horário. Acordando mais cedo você ganha mais tempo para realizar suas atividades e obrigações.
DIA 6 – FAÇA UMA LISTA DAQUILO QUE VOCÊ DESEJA TER DAQUI A UM ANO
Tome nota de tudo o que você deseja. Desde as pequenas mudanças até as grandes. Também faça uma lista com os passos concretos que você precisa dar para alcançar esses objetivos.
DIA 7 – PRATIQUE UMA BOA AÇÃO
Ajude um colega de trabalho a arrumar a mesa, um vizinho a carregar as compras ou faça algo pelo seu parceiro. Mas faça sem esperar nada em troca.
TAREFA EXTRA – ESCOLHA DUAS TAREFAS DA LISTA ABAIXO – AQUELAS QUE VOCÊ NÃO REALIZARIA NORMALMENTE – E FAÇA DURANTE ESSA PRIMEIRA SEMANA
Mude de jornal ou pare de comprá-lo
Leia uma revista diferente
Experimente comer algo que você nunca provou
Faça uma atividade física, até aquela que você nunca praticou antes
Pinte ou desenhe com canetas, lápis, tintas ou carvão
Assista a um evento esportivo
Ajude alguma entidade beneficente local
Escreva uma história
Vá ao cinema e assista a um filme sozinha
Visite um museu
Tome a iniciativa de reatar antigas amizades
Sente-se em um lugar diferente nas refeições, no trabalho, nas reuniões


FASE 2: Perca peso por bom comportamento
Chegou o momento de você, realmente, incorporar as mudanças à sua vida e acelerar sua perda de peso. A fase 1 criou condições para você mudar. Na 2 é hora de colocar tudo em prática.
DIA 1 – SEJA MAIS (OU MENOS) ASSERTIVO
Ser assertivo é insistir em seus direitos, é pedir aquilo que você não tem e que você quer ter. Antes de começar, analise seu grau de assertividade e aja ao contrário. Se você é assertivo, procure passar o dia em segundo plano, não reaja às críticas e deixe que a outra pessoa escolha ou decida algo por você. Se você não é assertivo, seja direto ao pedir o que quer, ao dar uma opinião e aprenda a dizer não.
DIA 2 – MUDE SEU COMPORTAMENTO EM GRUPO
Se você é daquelas pessoas que gosta de cooperar em grupo, assuma, por hoje, uma postura mais individual e faça algumas atividades sem se preocupar com os outros. Mas se você costuma ser centrada em si mesmo, faça o oposto. Ofereça apoio, ajude e saiba ouvir o grupo.
DIA 3 – MUDE SEU NÍVEL DE ENERGIA
Se você é agitado, procure reservar cinco minutos a cada hora para pensar no que quiser. Procure fazer algo devagar, desacelere. Mas se você é do tipo tranqüilo, hoje é dia de movimentar seu dia. Assuma um novo papel no grupo, faça tudo o que você faz diariamente num ritmo mais acelerado.
DIA 4 – OTIMIZE SUA FLEXIBILIDADE
Ser flexível faz você ver as oportunidades que surgem. Mas se costuma ser flexível demais, tome uma posição mais firme. Não seja tão condescendente com os outros. Já se você é rígido demais, espere a ajuda de alguém para resolver um problema, seja humilde e não faça críticas.
DIA 5 – OTIMIZE SUA ESPONTANEIDADE
Se você é espontâneo, planeje algo para o seu futuro, organize uma gaveta ou os CDs, divida o seu dia em períodos de meia hora e execute o que foi planejado. Se você é sistemático, o seu dia deve ser mais relaxado. Faça algo por impulso, ignore seus planos, divirta-se com algo fútil, não organize seu dia.
DIA 6 – AJUSTE SEU COMPORTAMENTO
Se você se considera tímido, procure participar de uma discussão e emita sua opinião, tome a iniciativa para iniciar uma amizade, sorria um pouco mais. Se você é extrovertido, escute mais e fale menos. Procure passar algum tempo sozinho e não interrompa as pessoas antes que elas terminem a frase.
DIA 7 – TENTAR SER MAIS (OU MENOS) CONVENCIONAL
Para quem é convencional, procure hoje usar roupas menos tradicionais, mudar algo em sua vida que seja muito comum. Quem age contra o convencional, por hoje terá que fazer uma escolha mais dentro dos padrões, sem ser diferente dos outros, tente optar por alternativas mais tradicionais, algo mais aceitável.

FASE 3: MUDE SEUS HÁBITOS E FAÇA TUDO DIFERENTE
Nessa semana você terá que olhar um pouco mais para si, descobrir como se comporta em relação a você mesma e às pessoas que estão ao seu redor. Mas o foco continua sendo a aquisição de novos hábitos. Sua semana será dividida em dias que você deve interagir com pessoas e dias em que deverá experimentar novas atividades
Para saber como dividir sua semana, o médico Fletcher apresenta dois testes. A partir daí ele divide a semana. Para algumas pessoas, a semana deve ter 3 dias de atividades e 4 de pessoas, para outras 2 atividades e 5 de pessoas, 5 de atividades e 2 de pessoas e assim por diante. Para você saber onde você se encaixa, analise seu modo de se comportar e de se relacionar com os outros. Se esse contato é restrito você precisa aumentar. O mesmo acontece com as atividades. Se você tem dificuldades de aumentar a variedade do que faz terá que aumentar essa capacidade.
Dias de pessoas
Nesses dias você terá de experimentar modos diferentes de interagir com as pessoas. Para aumentar essa interação, ouça o que elas têm a dizer, pergunte o que deseja saber a respeito delas (não presuma que já sabe tudo), elogie, faça novas amizades, ajude ou seja útil.
Dias de atividades
Varie suas atividades. Caminhe, crie algo novo, toque um projeto que está parado há anos, aprenda algo novo, mude sua aparência.
TAREFA EXTRA – ESCOLHA NA LISTA DUAS ATIVIDADES EXTRAS QUE TERÁ DE CUMPRIR AO LONGO DA SEMANA. LEMBRE-SE QUE QUANTO MAIS FUGIR DA ROTINA, MELHOR SERÁ PARA O SEU PROGRESSO
Ouça outro tipo de música
Use uma roupa diferente
Faça uma lista dos seus sonhos de infância
Faça seus filhos rirem
Cante no banheiro
Acorde em uma hora diferente
Dance sozinha por dois minutos
Saia e vá falar com um vizinho
Jogue fora algum objeto que não precisa
Desligue o celular por um dia inteiro

FASE 4: FOQUE NA TRANSFORMAÇÃO


Essa é a etapa em que você colocará um ponto final nos seus piores hábitos e se tornará definitivamente mais flexível. Para isso, deverá se concentrar no modo como você pensa.
DIA 1 – AUTO-RESPONSABILIDADE
Sua tarefa será mudar seu comportamento para aumentar sua auto-responsabilidade. Para isso tente, no dia de hoje, não inventar desculpas para seus fracassos, não culpar as outras pessoas quando algo dá errado.
DIA 2 – PERCEPÇÃO
O objetivo agora não é somente fazer algo diferente, mas descobrir algo novo que pode estar ao seu redor e você não enxerga. Para isso, preste atenção à letra de uma canção, aos sons ao seu redor, concentre-se quando estiver fazendo algo rotineiro (como dirigir o carro), descubra algo novo sobre a rua.
DIA 3 – EQUILÍBRIO
Ajuste a sua vida para ter mais equilíbrio. Avalie se você deve passar mais tempo com as pessoas queridas, se está trabalhando demais, se está na hora de se afastar de pessoas que não fazem bem a você e se está cercado de bens materiais que não têm significado para você.
DIA 4 – CORAGEM
Ser corajoso é agir sem nervosismo diante do desconhecido. Por isso, hoje você terá que se colocar em uma situação que lhe cause ansiedade (como falar em público, dizer não a alguém que a explora, pedir o que deseja sem se sentir ridícula) e também interagir com uma pessoa que lhe deixe assustada.
DIA 5 – CONSCIÊNCIA
A tarefa de hoje é ouvir sua consciência e seguir o que ela diz. Só isso. Você verá que isso aumenta o poder que você tem sobre si mesma e ainda tornará a vida um pouco melhor.
DIA 6 – INTELIGÊNCIA EMOCIONAL
Aprender a identificar as suas emoções e a das pessoas que estão a sua volta e saber usa isso a seu favor. Classifique as suas emoções, pare de reagir apenas ao que as pessoas dizem e fazem, encontre a emoção em uma situação rotineira, coloque-se no lugar do outro, expresse seus sentimentos.
DIA 7 – INTELIGÊNCIA SOCIAL
Agora que você já conseguiu trabalhar com a emoção, é hora de aprender a ajudar a sociedade. De acordo com os autores do livro, uma inteligência social ajuda a criar um sentimento interior de calor humano, afastando as emoções negativas. Faça algo em benefício de sua comunidade local.

FASE 5: ALCANCE O QUE VOCÊ DESEJA (SEU PESO IDEAL)
De acordo com Ben Fletcher, quem consegue chegar até essa fase já mudou seus hábitos, consegue ser mais flexível e até pensar como um magro. Diferente das demais fases, nessa você não terá uma tarefa a cumprir por dia e sim repetir algumas tarefas das fases anteriores de vez em quando. Você escolhe o que fazer. O importante é ter alguma regularidade, como fazê-las uma vez por semana ou uma vez por mês. Você pode repetir essas mudanças de hábito até atingir seu peso ideal.

 
Fonte: http://www.operacaometamorfose.com e Revista Pense Leve (outubro/2007)


http://divasandthecity.blogspot.com

Que tal um carro rosa e liiiiiiiiindo da Fiat? Amei



A Fiat lançou agora o Cabriolet cor de rosa!!!
A produção foi limitada: 300 unidades.

"O modelo possui acabamento rosa em todo o corpo, combinado com uma capota de lona preta, rodas de liga leve de 16 polegadas e acabamento cromado.
Na parte interna, o estofado é rosa e bege, o volante possui acabamento em couro e o painel também é rosa. Por enquanto, o modelo estará disponível no Reino Unido, por 13.500 libras (o equivalente a R$ 35 mil), com um motor 1.2i de 69 cv."
Ameeeeeeeeeeeei!
Eu quero!!!!
Bjinhos!

Programas de TV e Revistas

www.mulher.com www.a12.com/sabordevida www.atelienatv.com.br www.tvseculo21.com.br www.programaartebrasil.com.br www.pgmvidamelhor.com.br www.tvartesanatosemstress.com.br http://manequim.abril.com.br http://www.pingouin.com.br http://www.etsy.com http://www.portaldeartesanato.com.br www.netfontes.com.br http://www.florbras.com.br (miniaturas) http://www.crismimo.com.br (latinhas, bisnagas, tercinhos) http://www.dinaarmarinhos.com.br (feltro e tecidos de pelucia) http://www.tecidosecrafts.com.br (botoes e aviamentos) http://www.clickfios.com.br (feltro e aviamentos e las) http://www.ganapresentes.com.br http://www.quianestore.com ( botoes) http://loja.mixcriativo.com.br (aviamentos) http://imagensdecoupage.blogspot.com.br/ http://www.soisopor.com.br (onde comprar isopor) http://loja.pontodoscrap.com.br (onde comprar meia perola) http://www.luanenfeites.com.br (artigo para festas) http://www.formasparachocolate.com.br (artigo para festas) http://www.doceart.com.br (artigos para festas) http://www.barradoce.com.br ( artigo para festas cortadores) http://www.proplastik.com.br (artigo para festas) https://www.digitalupserver01.com.br (artigo para festa) http://www.lojatiamarlene.com.br (artigos para festa) http://blog.creativstemplates.com(imprimir temas) http://fazendoaminhafesta.blogspot.com.br (temas para imprimir) http://www.bebruarts.com.br (mini frascos de vidros, armarinho) http://www.atacadaodoartesanato.com.br (miniatura) http://www.bibibrindes.com (miniaturas) www.a25decorfestas.com.br http://www.matsumotovirtual.com.br http://www.mundopoa.com.br http://www.domnet.com.br http://www.novapauli.com.br

Amo Vcs!!!! Love!!!! Liebe!!!!!!!

Blogs que amo visitar

Gesamtzahl der Seitenaufrufe

Postagens populares

Armazem do EVA

Aslan